sábado, 13 de julho de 2013

Consumidores reclamam de garantia de serviços

A garantia estendida é o seguro com maior número de reclamações no Procon de São Paulo. No Procon do Rio de Janeiro, também são comuns problemas, especialmente com a execução dos contratos firmados pelos consumidores. Demora ou mesmo negativa de cobertura estão entre as principais discussões.

No Procon do Rio de Janeiro, foram recebidas 414 reclamações em 2012. Do total, apenas 25% foram resolvidas. Neste ano, o órgão registrou 159 reclamações até o mês de junho, e 16% dos consumidores tiveram seus problemas solucionados.

De acordo com o presidente do Procon-RJ, João Oliveira, um dos principais problemas é a demora para substituir ou consertar o produto. Também é comum, segundo ele, empresas se recusarem a reparar mercadorias em situações cobertas pela garantia estendida.

Em São Paulo, segundo a supervisora de assuntos financeiros do Procon, Renata Reis, a demora também é a principal reclamação dos consumidores. "Muitas vezes, a empresa não entrega o produto ou ele continua com o mesmo defeito. Também há casos de voltar com outro problema. Uma das alegações é que não há peças para o conserto", diz a supervisora.

Renata afirma, porém, que o número de reclamações sobre garantia estendida tem caído. O perfil dos casos que chegam ao Procon também mudou. Há três anos, de acordo com a supervisora, a maioria dos consumidores reclamava de venda casada ou de situações em que receberam informações incorretas na hora da contratação.
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário: