quarta-feira, 1 de maio de 2013

"Não admin" - quando a bomba não administra insulina

Na troca do conjunto de infusão, se ocorrer algum tipo de obstrução da cânula do catéter, a insulina (tanto bolus quanto basal) deixa de ser administrada pela bomba, aparecendo um aviso "não admin". Como esse aviso só é mostrado quando um bolus é interrompido, a não administração da dose basal pode fazer a taxa glicêmica se elevar. Isso aconteceu comigo duas vezes.

Na primeira vez, havia feito a troca do conjunto de infusão e do sensor no mesmo dia. A bomba não me avisou porque fiquei aproximadamente duas horas sem comer, enquanto aguardava para fazer a primeira medida de glicemia e calibrar o sensor. Quando deu o tempo da calibragem, medi a glicemia e ela estava em 300. Fui mais do que rápido aplicar o bolus de correção, e ai apareceu o aviso "não admin". Tentei de novo, e a mesma coisa aconteceu. Buscando atendimento da empresa que fabrica a bomba de insulina, fui informada que provavelmente eu estava aplicando o catéter no mesmo local, e que a pele teria desenvolvido uma espécie de resistência. Orientaram-me a trocar novamente o conjunto e aplicá-lo em outro local. Fiz isso e o problema se resolveu. Mas como havia calibrado o sensor com a glicemia de 300, o que depois vim a descobrir não ser possível (veja a postagem erro de calibragem), ele deu erro, e tive que instalar um novo sensor também.

Na segunda vez (essa semana) o sensor já havia sido iniciado no dia anterior e estava funcionando normalmente. Algumas horas após a troca do conjunto de infusão, a bomba avisou que a minha glicemia estava subindo muito rápido (com duas setas indicativas de tendência para cima). Ao tentar aplicar o bolus de correção, apareceu "não admin". Conferi o tubo que liga a bomba ao catéter, e então reparei que havia insulina sobre a minha pele, ou seja, a dose basal estava vazando. Suspendi a administração na bomba, e tentei consertar o encaixe do tubo, descontectando-o do catéter e reconectando-o. Mas a glicemia continou a subir e, ao tentar dar o bolus, novamente apareceu o aviso "não admin". Então troquei o conjunto de infusão de novo, colocando outro num local diverso. Ao verificar o conjunto que falhou, reparei que a ponta da cânula do catéter estava rombuda, e saiu sangue quando o retirei da pele (o que normalmente não ocorre). Assim, a falha desta vez estava no próprio catéter.

Portanto, quando aparecer o aviso "não admin", o melhor a fazer é trocar o conjunto de infusão imediatamente, ainda que a última troca tenha ocorrido há poucas horas.

Quando a bomba deixa de administrar a dose basal (seja em função de resistência da pele por ausência de rodízio adequado ou por defeito do catéter), a elevação da glicemia não é o único problema. A bomba entende como aplicada uma dose de bolus que não foi dada. Assim, se você coloca os dados para correção da hiperglicemia na ajuda de bolus, a bomba vai indicar a dose 0. Por causa disso, tive que fazer os cálculos eu mesma, à moda antiga, e aplicar o bolus de correção em doses fracionadas, sem a ajuda de bolus, e acompanhar a queda da glicemia lentamente. Fazendo assim, depois de umas 6 horas, consegui regularizar a glicemia, sem ter uma hipoglicemia posterior.


Nenhum comentário: