quarta-feira, 2 de abril de 2014

Semana Nacional de Humanização - de 07 a 11 de abril de 2014, em várias cidades do Brasil

UMA SEMANA PARA DISCUTIR A HUMANIZAÇÃO DA SAÚDE
Por Mariella Silva de Oliveira

De 7 a 11 de Abril, várias cidades de todo o país realizam atividades para refletir e dar visibilidade à melhoria do acesso e da qualidade dos serviços de saúde, do trabalho e da gestão do SUS

A Política Nacional de Humanização (PNH), do Ministério da Saúde, foi criada em 2003 para estimular a comunicação entre quem faz e quem precisa de serviços de saúde pública no país, em outras palavras: os gestores, os trabalhadores e os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A ideia é que esses atores sociais possam criar juntos novas relações afetivas e de trabalho, mais acolhedoras e produtivas. Parte desse trabalho poderá ser visto e debatido durante a SEMANA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO, de 7 a 11 de abril.

O evento terá mais de 570 atividades em várias cidades brasileiras: debates, oficinas, exposições e eventos culturais variados, estruturados em três eixos: participação social, gestão e trabalho no SUS. Tudo para contemplar e exemplificar as diretrizes que embasam a PNH: acolhimento com classificação de risco (ao invés do atendimento por ordem de chegada, respeitando a vulnerabilidade e o risco do usuário do SUS); gestão participativa e cogestão; clínica ampliada; valorização do trabalhador; defesa dos direitos dos usuários, como a garantia de visita aberta e o direito ao acompanhante, e ambiência, contando com a experiência cotidiana dos trabalhadores para reformas da infraestrutura do serviço de saúde.

As temáticas abordadas na semana são variadas e espelham experiências e desafios dos trabalhadores de saúde: a programação, construída por quem faz a humanização do SUS pelo Brasil, inclui desde discussões sobre saúde da mulher e parto humanizado à reeducação alimentar de idosos, até a necessidade de interação de profissionais com acompanhantes de pacientes hospitalizados, ou grupos de orientação para cuidadores de pacientes com AVC. Não faltam mesas ligadas ao bem-estar, como o papel das caminhadas, ginástica laboral e meditação na manutenção da saúde.


De norte a sul do país

Veja aqui alguns exemplos do que vai acontecer durante a Semana:

No Piauí: A plenária “O SUS na mídia: a força da comunicação em saúde no Piauí” vai reunir os profissionais de jornais, rádios, blogs, tevês e agências de publicidade para discutir a comunicação no campo da saúde.

Em Santa Catarina: o dia-a-dia de trabalho será tema da Mostra de Fotos do SUS, com fotografias feitas pelos próprios trabalhadores e usuários e um ensaio do fotógrafo Radilson Carlos Gomes, de Florianópolis, autor do livro O SUS em imagens, no Salão do Mausoléu da Fundação Cultural de Blumenau.

Em São Paulo: a programação começa com uma concentração na praça da Sé - marco zero da cidade - comemorando também o Dia Mundial da Saúde, com exibição de vídeos, rodas de conversa e passeata pelo entorno. Debates e mesas redondas acontecem ao longo da semana e no dia 11 haverá a ocupação da praça, no Bairro da Luz, e conversa com a população atendida pelo programa "Braços Abertos", criada recentemente pelo prefeito Fernando Haddad para humanizar o atendimento aos usuários de crack na região. Tudo isso, embalado por atividades culturais, e também de informação e de prevenção.
 
Em Campinas: A Rede HumanizaSUS, é um site que abriga vários blogs de pessoas ou grupos interessados em discutir e colaborar para a humanização do SUS e em parceria com o Comitê Para a Democratização da Informática CDI Campinas e o SUS Campinas, está propondo uma oficina de trabalho para estimular a construção de blogs e ofertar a Rede Humaniza Sus como um espaço de participação dos blogueiros que queiram se unir à essa luta cidadã que é a humanização do Sistema Único de Saúde. Há um total de 30 vagas. Para inscrever-se enviar um e-mail para: sabrinaferigato@gmail.com
 
 
 
Sobre a Política Nacional de Humanização (PNH)

A PNH existe há dez anos no SUS para transformar a relação entre gestores, trabalhadores e usuários, de modo que cada um deles se reconheça como parte do SUS e contribua para suas melhorias. Com um grupo de apoiadores atuando em todo o território nacional, o trabalho da PNH se baseia no apoio institucional às Secretarias Municipais de Saúde (SMS), Secretarias Estaduais de Saúde (SES), Hospitais e Coletivos de Humanização, além da formação de gestores, trabalhadores e usuários.


Serviço:
Semana Nacional de Humanização - 07 a 11 de abril de 2014
Clique aqui e acesse a lista completa das atividades já cadastradas

Mais informações:
Política Nacional de Humanização 61 3315 91 30

Nenhum comentário: